top of page

"Delta Estácio Blues", Juçara Marçal (2021)

Bom dia! Hoje gostaria de sugerir a escuta do álbum ”Delta Estácio Blues” (2021) da Juçara Marçal. A Juçara tem uma carreira fonográfica longa e produtiva, participando de grupos como Vésper, A Barca e Metá Metá, além de projetos como Padê e Sambas do Absurdo. Seu primeiro álbum solo, “Encarnado” (2014), teve grande repercussão por ser uma mistura experimental de rock, MPB e música popular urbana, com guitarras marcantes e expressivas. Em cada projeto, ela demonstra muita versatilidade e inquietude, transitando por diferentes gêneros musicais e experimentando novas sonoridades. Nesse sentido, acredito que ”Delta Estácio Blues” seja um dos mais ousados: o álbum é uma imersão em um universo sonoro potente, onde a voz da Juçara se mistura com sons eletrônicos, sem deixar de lado elementos da cultura popular brasileira, criando uma experiência musical bem desafiadora. Kiko Dinucci, um de seus parceiros mais frequentes, foi coprodutor do projeto, ajudando a criar as paisagens sonoras com uma série de sintetizadores e samplers analógicos e digitais. Em entrevista Juçara comenta que eles foram sampleando vários elementos, desde trechos de discos até gravações feitas com o celular na rua, para depois usar como matéria-prima para a criação dos arranjos.


O repertório conta com parcerias e composições de nomes como Tulipa Ruiz, Siba, Fernando Catatau, Rodrigo Ogi, Negro Leo, Maria Beraldo, Rodrigo Campos etc., e a escolha do título "Delta Estácio Blues" vem de uma intrigante composição de Campos para o álbum. Ele faz alusão à mítica história de Robert Johnson, que mudaria os rumos da música popular, a partir da lenda do pacto com o diabo. Na visão do autor, Johnson na verdade teria feito um trato com personagens icônicos da Escola de Samba do Estácio de Sá (Bide, Baiaco e Ismael Silva), relacionando a criação do Blues com o desenvolvimento do Samba no Brasil, já que foram acontecimentos contemporâneos. Espero que gostem da escuta! Aproveito pra lembrar que todos os posts já feitos no Clube do Som desde 2021 agora estão organizados em uma página online: https://tinyurl.com/clubedosom


FICHA TÉCNICA

Juçara Marçal - voz, samples

Kiko Dinucci - produção musical, guitarra, viola, samples, synth, programação

Cadu Tenório - bateria eletrônica, sample, synth, arranjo (faixa 1)

Romulo Alexis - trompete (faixa 2)

Paulinho Bicolor - cuícas (faixa 3)

Thais Nicodemo - piano preparado (faixa 7)

Catatau - voz, synth, programação, guitarra, arranjo (faixa 9)

Thiago França - sax (faixa 11)


Coordenação de Produção: Mariana Mansur

Produção: Luan Correia e Bernardo Oliveira

Mixagem: Renato Godoy

Masterização: Felipe Tichauer

Projeto Gráfico: Lucas Pires

Fotos Capa: Aline Belfort

Colagens: Manuela Eichner

Assessoria de Mídias: Juliana Sacramento

Assessoria de Imprensa: Build Up Media

Fotos Divulgação: Pablo Saborido

Gravação Vozes: Estúdio Minduca

Produção Geral - QTV Selo: Mariana Mansur, Bernardo Oliveira e Luan Correia

Lançamento: Natura Musical / QTV Selo / Mais Um Discos / Goma Gringa


PAÍS

Brasil


TIPO DE SOM

Canção, eletrônico


LINKS

YouTube


Spotify

Comments


bottom of page