top of page

"Berber Taxi", Malika Zarra (2011)

Atualizado: 31 de mai.

Fala galera. Postagem tá demorando mas vem. Lembrando pra quem entrou recente: na descrição do grupo voce encontra um link com todos os álbuns e textos postados até agora.


Seguimos nossa viagem que ja passou pela Armenia, Israel, Tunisia e agora segue pelo norte da África para o Marrocos. Atualmente com 33 milhoes de habitantes, foi um dos poucos países da região que nunca perdeu sua independência, desde sua fundação como Estado no ano de 788d.c. Apesar disso, houveram muitas invasões, divisões e influencias europeias (espanhois e franceses). Hoje é uma monarquia constitucional que tem o Islamismo como religião oficial e o Árabe e Berbere (tamazight) como lingua oficial. Assim como a Tunisia, também faz parte da Liga Arabe.


Além de ser o nome da lingua, Berbere é a definição para um conjunto povos predominantemente do deserto do Saara que fala diversas variantes dessa língua, principalmente no Marrocos e Argélia (mas tb em diversos outros paises que tem contato com o Saara, como a Tunisia). O deserto do Saara tem extensão maior que o Brasil. Estima-se que existam cerca de 60 milhoes de Berberes na região.


E o álbum da vez recebe esse nome: Berber Taxi (2011) da compositora, cantora e percussionista Malika Zarra. Nascida na região do Saara, de família Berber, ela possui dois álbuns solo lançados e ambos são repletos de diferentes climas, com musicas cantadas em Berber, Arabe, Ingles. Nesse álbum, a maioria das musicas são de sua autoria e tem varios arranjos de vozes, timbres de sintetizadores, momentos de improviso.


Fazendo essa passeio da Armenia até o Marrocos, gostei de reparar como aqui na Malika ainda ouvimos muitas influencias da música Árabe, mas ao mesmo tempo tem algo mais dançantes e que pra mim parece se aproximar de uma musica subsaariana (que nos artistas dos outros países nao tinha). Da a sensação que entramos num taxi berber e vamos sendo levados pra conhecer diversas musicalidades que esses povos nomades do gigante Saara possam ter.


FICHA TÉCNICA

Malika Zarra – voz e percussão

Francis Jacob – violão e guitarra

Michael Cain – piano, synthesadores, Rhodes piano

Brahim Fribgane – oud, cajón, tahrija, bendir, tam tam, darbuka

Mamadou Ba – baixo

Harvey Wirht – bateria; percussão (faixa 10)

Jasser Haj Youssef – viola, violin (faixa 2)


PAÍS

Marrocos


LINKS

Spotify


YouTube

Comments


bottom of page